free site statistics
|

segunda-feira, julho 31, 2006

VEMOS, OUVIMOS E...LEMOS...


Vemos , ouvimos e lemos
não podemos ignorar...

..VEMOS
...............OUVIMOS
................................e.... LEMOS

........NÃO PODEMOS IGNORAR!!!!!

VEMOS, OUVIMOS E LEMOS
RELATÓRIOS DA FOME
O CAMINHO DA INJUSTIÇA
A LINGUAGEM DO TERROR

..................................

Nada pode apagar
o concerto dos gritos
O NOSSO TEMPO É
"PECADO"... ORGANIZADO!!!!!

CANTATA DA PAZ / Letra de Sophia de Mello Breyner Andresen / Música de: Francisco Fanhais ( uma referência da minha juventude)

|

domingo, julho 30, 2006

sexo ao acordar, não!....


foto de IMAGENS
...
SEXO AO ACORDAR :) ... NEM PENSAR!!!!!!
..
Sexo ao acordar, não…
tão pouco enquanto durmo…
..
Quero ser eu a convidar-te
ler-te bem no fundo dos olhos
adivinhando o que em ti existe
muito para além da vontade…
..
Quero estar bem acordada
para que possas despir-me
para poder despir-te também
apreciando a exibição
das nossas várias diferenças
lenta e sensualmente
usando das carícias, a sedução
naquela ânsia inadiável…
..
Quero descobrir no teu corpo
as zonas mais que sensíveis
e quero que na contrapartida
também as descubras no meu…
..
Por isso, jamais esqueças
que por razão ou vontade minha
vale mais sexo de tarde
nunca de manhã
mas, por vezes… hummm
...
.................................. ... à noitinha!…
..
Papoila_Rubra
29 / 07 / 2006

|

sábado, julho 29, 2006

Recado ao mundo...

CARTA AOS MORTOS

..

Amigos, nada mudou em essência.
.

Os salários mal dão para os gastos

as guerras não terminaram

e há vírus novos e terríveis

embora o avanço da medicina.

..

Volta e meia

um vizinho tomba morto

por questão de amor.

..

Há filmes interessantes, é verdade

e como sempre

mulheres portentosas

nos seduzem com suas bocas e pernas

mas, em matéria de amor

não inventamos nenhuma posição nova...

..

Alguns cosmonautas

ficam no espaço seis meses ou mais

testando a engrenagem e a solidão.

..

Em cada olimpíada há récordes previstos

e nos países, avanços e recuos sociais.

..

Mas nenhum pássaro

mudou seu canto com a modernidade.

..
Reencenamos as mesmas tragédias gregas

relemos o Quixote

e a Primavera chega pontualmente cada ano.

..
Alguns hábitos, rios e florestas se perderam.

..

Ninguém mais coloca cadeiras na calçada

ou toma a fresca da tarde

mas temos máquinas velocíssimas

que nos dispensam de pensar.

..
Sobre o desaparecimento dos dinossauros

e a formação das galáxias

não avançamos nada.

..

Roupas vão e voltam com as modas.

..

Governos fortes caem

outros se levantam

países se dividem

e as formigas e abelhas

continuam fiéis ao seu trabalho.

..
Nada mudou em essência.

..
Cantamos parabéns nas festas

discutimos futebol na esquina

morremos em estúpidos desastres

e volta e meia

um de nós olha o céu quando estrelado

com o mesmo pasmo das cavernas.

..

E cada geração

insolente

continua a achar

que vive no ápice da História.

..

Affonso Romano de Sant’Anna



|

quinta-feira, julho 27, 2006

mãos...trepam SEMPRE...

foto daqui
..
Mãos... que trepam por nós acima...
Mãos... que trepam por nós abaixo...
Mãos... trepam sempre!...

São cúmplices da malícia
e do desejo ardente expresso nos olhares...
No teu olhar
que adivinho nos meus olhos fechados...

Mãos... são prolongamentos do coração.
São instrumentos do cérebro.
São os fios visíveis
dos enlaces lacrados com beijos....

Morro de saudades
das tuas mãos em mim...
..
Papoila_Rubra
Abril/ 2006



|

domingo, julho 23, 2006

retrato de um momento

RETRATO de um MOMENTO
...
sorrindo
beijando-o sempre
com modos apressados

quase brutos
reclinou-lhe o assento
...
surpreendido, ele gargalhou
...
rápida e desinibida
ela caíu-lhe em cima.
...
deslizando sobre o seu corpo
forçou-o a sugar
um por um
cada mamilo
re..pe..ti..da..men..te...

...
em simultâneo
muda de palavras
mas sabedora dos gestos
conduziu a mão dele
enfiando o seu polegar
nela
orientando os movimentos
em perfeita sincronia

com o seu ritmo
...
ele foi intenso
veloz como ela gosta ...
molhou-lhe a barriga toda...

...
com gulodice
baixando seu rosto
massajou-lhe o ventre
com a face afogueada
lambendo seu néctar salgado
nele vertido
...
ainda ofegante, mordeu-o...
contorcendo-se , ele gritou...

..
delirante
pediu para repetirem
uma vez
e outra vez mais….
...
nos dias seguintes
sentiu-o ainda presente
no dorido dos seus seios
...

...
Papoila_Rubra
23 / 07 / 2006


|

sexta-feira, julho 21, 2006

momentos tranquilos... fazem muito bem...


partilhando uma prendinha LINDA ...


|

domingo, julho 16, 2006

fico assim...


fico assim...

foto de imagens

são ecos de uma melodia

em mim

memórias da minha pele...


|

quinta-feira, julho 13, 2006

pedras...

pedras...

|

terça-feira, julho 11, 2006

a MAGIA das pedras...

... qual nobre guerreiro
perscrutando os céus
aguardando da noite
sábias orientações estelares…

foto apreciada no blog DisPortoBay

Os meus agradecimentos

repletos de emoção

pelo registo de tão imponente imagem...


|

segunda-feira, julho 10, 2006

:)

trá-láaaaa-láaa... lálá...

hoje é feriado na... MAIA!!!!

láaa- láaa-lálá...

( deixa cantar quem canta
quem canta... seus males ESPANTA!!!)

|

domingo, julho 09, 2006

ESCARPA GRANDIOSA, MAGNÍFICA...

mesmo quando
já poucas coisas sobram... para acreditar
resta-nos ainda
a VERDADE das pedras...

Esta fabulosa escarpa, é uma das folhas

onde ainda é possível ler

claramente

no grande livro da Natureza...


fotos maravilhosas AQUI. Obrigada aos seus autores!


espectacular

GRANDIOSO
imponentemente
BELO!!

|

o sonho real

eu acredito na VERDADE das pedras....


minha ILHA é...
INDUBITAVELMENTE
a mais ... LINDA !!!!!!



|

quarta-feira, julho 05, 2006

el abrazo de AMOR


''El Abrazo de Amor
del Universo, la Tierra (México), Diego, Yo y el Sr. Xolotl''
de Frida Kahlo, 1949.
...
HOJE
porque eu
tenho "sangue de barata"... :)

|

segunda-feira, julho 03, 2006

preliminares rápidos :)



Adoro que me surpreendas
e te aproximes pé-ante-pé
e me agarres por trás
e me segures pela cintura.

Adoro que as tuas mãos
em frenesim
descubram os meus contornos
percorram minhas coxas
acariciem minhas nádegas
e levantando-me a saia
encontrem a minha nudez
por dentro da roupa…
E depois
apertando-me com força
no peito
dentro do abraço
desses teus braços fortes e grandes
onde os meus seios
encaixam e preenchem as tuas mãos
enquanto ofegante
roço meu rosto no teu
sentindo o sangue a ferver
sob a pele ruborizada
sentindo o picar da tua barba
deslizando no meu pescoço
nos meus ombros
que o teu queixo desnuda…

É tempo de não adiar mais
de me fazeres rodar
de unir minha boca à tua
de respirar o teu ar
de colar todo o meu corpo no teu
em bicos de pés
num ajuste perfeito
sempre possível
entre o côncavo e convexo…

É tempo da tua mão
encontrar o meu sexo
e sem mais delongas
medir-lhe a profundidade
sentir-lhe o calor
aumentar-lhe a humidade
triplicar a velocidade
fazendo-o transbordar
repetidamente
todo o prazer
por não conseguir suster mais
acontecendo assim e apenas
o primeiro dos muitos orgasmos
que me farás sentir…

Já nos adivinhamos.
Vem... Eu sei que será assim…


....
02 / 07 / 2006
Papoila_Rubra
(já com 52 anos
mas
cada vez com ***** juízo...)

|

domingo, julho 02, 2006

simbiose :)





resolvi juntar as prendinhas
de duas pessoas maria_árvore / deli...
que ocupam destacado lugar
no universo dos meus AFECTOS

o meu agradecimento aos dois...










....
Sinto o calor do sol
que sai do teu corpo.
O cheiro a terra
das chuvas de verão.
A frescura terna
da cascata que me molha.
O canto dos pássaros
nos teus gemidos de prazer.
Sinto o universo perfeito
na elipse dos teus lábios.
O sabor da delícia
na tua língua.
A visão que diviniza
no cume dos teus seios.
O tacto da delicadeza
na tua fonte de prazer.
Sinto o teu corpo a vibrar
quando te penetro
Os teus olhos fechados
enquanto te beijo.
A tua pele arrepiada
afagada pela minha boca.
A respiração que ofega
na exultação do clímax.
Sinto-te
mesmo quando estou só
e acaricio o meu corpo
em desejo de te ter.
beijo
deli...



|

sábado, julho 01, 2006

diz-me um segredo...


Não sou o centro do mundo. Eu sei.
Mas, se te apetecer... diz-me um segredo...

|

acontece...

e o PC continua avariado... :)

e...

é tempo de ... MUITO trabalho :(

( visitas de cortesia... adiadas...)

This page is powered by Blogger. Isn't yours?