free site statistics
|

segunda-feira, maio 01, 2006

recordando o que quase não se ouve.....




...............................

Cantar aqueles que partiram
é dar força à LIBERDADE
As
flores vermelhas que os cobriram
tornam alegre a saudade

Por isso os que não ficaram
nem calados nem cativos
em Maio não nos deixaram
pois para nós... ESTÃO ACTIVOS!!!!


José Carlos Ary dos Santos

Comments:
Aqui fica o poema completo

De pé, de pé oh companheiro!
Cantar aqueles que partiram
é dar força à liberdade
as flores vermelhas que os cobriram
tornaram alegre a saudade.

Foi naquela tarde de Maio
que lhes dissemos adeus
quem disser adeus em Maio
nunca se afasta dos seus.

De pé, de pé oh companheiro!
De pé e punho levantado
o que morreu é o primeiro
a estar de pé ao nosso lado.

Quem tombar no caminho
continua ao nosso lado
partir não é estar sozinho
é lutar acompanhado.

Por isso os que não ficaram
nem calados nem cativos
em Maio não nos deixaram
pois para nós só há vivos.

Ary dos Santos

 
Serranos viram-na em vida
o Alentejo a viu morrer

:(
 
Só morrem aqueles que apagamos de dentro de nós.

E Maio é altura de flores a romper, pela força bruta da terra. ;)
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?